Confraria solidária coloca Almeirim nas “bocas do mundo”

120 kg feijão, 120kg batata, 200kg de carne de porco, 35 kg chouriços, 35kg morcelas e 45kg farinheiras. Tudo junto deu para servir quase 3000 sopas de pedra numa ação inédita de solidariedade.

A iniciativa, que decorreu no mercado de Algés, contou igualmente com a participação da Confraria Gastronómica de Almeirim, cujos confrades orientaram a confeção dos mil litros da sopa típica de Almeirim.

 

A ação solidária fez parte do festival Os Sabores de Portugal, que decorre no mercado de Algés até 11 de fevereiro, e que nesta semana se dedica ao centro do País.

“Na minha opinião, muito bom. Foram 1 000l titros (10 panelas ao lume) que correu muito bem com o apoio dos voluntários”, destaca Rui Figueiredo da Confraria Gastronómica de Almeirim que conseguiu ainda grande exposição mediática na comunicação social.

O presidente da Câmara de Almeirim, Pedro Ribeiro, foi um dos muitos voluntários que se associou à distribuição de mil litros de Sopa da Pedra a pessoas sem-abrigo e com necessidades sociais da zona de Algés e que teve ainda a participação do Rancho Folclórico Benfica do Ribatejo.

.