Não há soluções, há caminhos: 10 de março

A tentação mais perigosa é aquela que nos aparece como um bem. Os “bens” aparentes, enganadores e falsos, tentam-nos muito mais do que o mal.

O mal visto como mal não tenta. Há que estar atento para saber lidar com as aparências de bem. NÃO HÁ SOLUÇÕES, HÁ CAMINHOS 365 vezes por ano não perguntes porquê, mas para quê.

Vasco P. Magalhães, sj

.