União de Almeirim contrata treinador que só em 2019 pode ir para o banco

Mário Nelson é o novo treinador do União de Almeirim, mas só em janeiro de 2019 é que pode ir para o banco da equipa almeirinense. O sucessor de Pedro Rebita rescindiu com o Atlético Ouriense para assumir o banco do União de Almeirim.

O polémico treinador, natural de Torres Novas, está a cumprir castigo de um ano por alegadamente ter agredido Bruno Lemos do Mação e só pode ir para o banco a 18 de janeiro de 2019. Mário Nelson deixou a equipa de Ourém no oitavo lugar, com 28 pontos.

A aposta do União de Almeirim no treinador de 38 anos visa o futuro, numa aposta forte na próxima temporada desportiva.

Começou no União da Chamusca, onde foi campeão na 2ª divisão distrital, conquistou a Taça do Ribatejo pelo Fazendense na época 2013/2014 e treinou o Riachense, onde foi vice-campeão e se apurou para a Taça de Portugal.

Mário Nelson é o terceiro treinador a comandar a equipa almeirinense esta época, depois de Gonçalo Silva que iniciou a temporada e Pedro Rebita que deixou o clube esta quinta-feira, 15 de março.

 

.