Não há soluções, há caminhos: 26 maio

Dizia alguém: “Estar ou não estar à defesa, eis a questão”. Há pessoas que vivem à defesa, desconfiando sempre, disparando tiros de dentro do seu castelo. Não dão oportunidade sequer a uma amizade! Outra coisa é ter as suas defesas e isso é bom. Pois não saber onde ir buscar resistência aos embates, ser vulnerável a qualquer vento, inseguro, desfaz a personalidade.

Vasco P. Magalhães, sj

.