Adega de Almeirim e Quinta da Alorna conquistam medalhas de ouro em Itália

A Adega Cooperativa de Almeirim e a Quinta da Alorna conquistaram quatro medalhas de ouro na 17ª edição do prestigiado concurso enológico internacional La Selezione del Sindaco, em Canelli, no Norte de Itália.

O concelho de Almeirim arrecadou ao todo quatro medalhas de ouro nesta edição. A Adega de Almeirim viu ser reconhecido os vinhos Varandas Branco, Varandas Grande Escolha Branco e o 1958 Branco. A Quinta da Alorna viu ser premiado também com medalha de ouro o vinho Quinta da Alorna Reserva Alvarinho & Viognier.

O concurso decorreu entre 31 de maio e 3 de junho e avaliou a qualidade de 1300 vinhos de diferentes países. Portugal participou com 211 vinhos e mais de metade destes vinhos foram premiados. Portugal ganhou um total de 111 medalhas (mais 14 que na edição de 2017): 12 Medalhas de Grande Ouro, 73 Medalhas de Ouro e 26 Medalhas de Prata. O município premiado com o maior número de medalhas foi Palmela, com 22 medalhas, seguido do Montijo com 21 medalhas e de Santa Marta de Penaguião, com 11 medalhas.

Na sua 17ª edição, o prestigiado concurso enológico internacional La Selezione del Sindaco deslocou-se até à Enoteca Regional de Canelli, um município situado na região do Piemonte, no norte de Itália, na província de Asti, que é uma das regiões produtoras de vinho mais importantes da Itália e um lugar de excelência de vinhos espumantes.

O vinho mais pontuado do concurso foi o Moscatel de Setúbal Malo. Destaque ainda para o vinho produzido pela Casa Santos Lima, a partir das vinhas situadas na cidade de Lisboa, o vinho Corvos de Lisboa, que ganhou uma Grande Medalha de Ouro.

O concurso La Selezione del Sindaco é o único concurso internacional de vinhos que prevê a participação conjunta dos territórios e dos vinhos aí produzidos, envolvendo municípios e produtores.

A Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) foi, uma vez mais, uma das entidades parceiras deste concurso — organizado pela associação italiana Città del Vino, Recevin – Rede Europeia das Cidades do Vinho e Iter Vitis — e marcou presença em Canelli com um grupo de 14 conceituados enólogos portugueses, representando várias regiões do país. José Arruda, secretário-geral da AMPV, integrou o Comité Científico do Concurso.

.