Almeirim criou seis novas empresas no mês de maio

A NERSANT analisa mensalmente criação de sociedades na região e constatou que no passado mês de maio foram criadas seis novas sociedades no concelho de Almeirim, um número mais elevado face aos últimos meses.

Na análise mensal à criação de sociedades no distrito, o concelho de Santarém volta a liderar em maio. No universo das 95 empresas criadas no passado mês, Santarém contribuiu com 16 sociedades, seguindo-se Benavente, com 12, e Ourém, com 11.

Na tabela segue-se o concelho de Tomar, com a criação de oito sociedades, Rio Maior, com sete, Almeirim, com seis, Abrantes, Alcanena e Salvaterra de Magos, com cinco sociedades cada concelho e Coruche, com quatro. Os concelhos do Entroncamento, Golegã e Torres Novas criaram três sociedades cada um, e os do Cartaxo, Chamusca e Ferreira do Zêzere, contribuíram com duas sociedades cada território. Mação criou uma empresa em maio. Ao contrário de abril, mês em que todos os concelhos criaram sociedades, maio não apresentou criação de sociedades nos concelhos de Alpiarça, Constância, Sardoal e Vila Nova da Barquinha.

Relativamente aos setores de atividade, destacam-se, no mês de maio, a criação de empresas no setor da imobiliária (sete), seguindo-se um empate entre o setor da Construção Civil, do Comércio de veículos automóveis ligeiros e do Turismo, onde foram criadas cinco empresas em cada uma das áreas. Por fim, destaque para o setor das Tecnologias e Informática, no qual foram criadas quatro empresas.

.