Greve dos professores às avaliações adia reunião com encarregados de educação em Fazendas de Almeirim

O Agrupamento de Escolas de Fazendas de Almeirim divulgou em comunicado, esta segunda-feira, 2 de julho, o adiamento das reuniões entre educadores e professores com os encarregados de educação do 1º, 2º e 3º ciclos, à excepção das turmas do 9º ano.

O adiamento por parte do estabelecimento de ensino deve-se à greve às reuniões de avaliação, por parte dos docentes. O agrupamento avisa todos os encarregados de educação que devem aguardar pela divulgação de uma nova data a ser divulgada pelo estabelecimento de ensino.

A greve dos docentes às reuniões de avaliação começou a 4 de junho, com a convocação feita pelo recém-criado Sindicato de Todos os Professores (Stop). A 18 de junho começou a segunda fase do protesto com a greve convocada pela plataforma das outras dez estruturas sindicais (incluindo a Fenprof e a FNE) que está marcada até dia 13 de julho. Entretanto, o Stop entregou um pré-aviso para alargar a greve até 31 de Julho.

Entretanto o governo decretou os serviços mínimos para as reuniões de avaliação das turmas dos alunos do 9º, 11º e 12º anos, que terão de se realizar no máximo até ao dia 5 de julho.

.