Não há soluções, há caminhos: 18 agosto

Respeitar a liberdade de cada um e a sua diferença não significa tolerar tudo o que cada um diz ou faz. Tolerar não é ser indiferente nem é não ter uma ideia do que é o bem; tolerar não é pactuar nem pode ser demitir-se de educar para um mundo melhor. Isso é permissividade. Respeitar o outro é também exigir responsabilidades.

Vasco P. Magalhães, sj

.