Não há soluções, há caminhos: 3 setembro

Há pessoas que estão sempre a pôr em causa as suas opções: o casamento, a fé, a vocação… E não só não avançam, como geram instabilidade ao seu redor. É claro que as opções têm que ser pensadas e amadurecidas, mas só há uma maneira de crescer e ser feliz: que as opções que vamos tomando sejam de tal modo assumidas e confirmadas com a vida que já não haja volta atrás.

Vasco P. Magalhães, sj

.