Conselho de Justiça da AF Santarém reduz a zero castigo aplicado a Mário Nelson

O Conselho de Justiça da Associação de Futebol (AF) de Santarém reduziu a zero o castigo aplicado ao atual treinador do União de Almeirim. Mário Nelson estava suspenso pelo período de um ano por alegadamente ter agredido o jogador Bruno Lemos, do Mação.

O Almeirinense apurou que o Conselho de Justiça da AF Santarém veio agora dar razão ao recurso e retirou o castigo ao treinador. Numa nota a que O Almeirinense teve acesso o Conselho de Justiça afirma que julgou “procedente o recurso absolvendo o arguido da acusação e das penas aplicadas pelo conselho de disciplina”.

Os factos que tinham sido imputados ao treinador datam de 5 de outubro de 2017, numa partida a contar para a Taça do Ribatejo entre o Ouriense e o Mação. Alegadamente, o treinador quando se ia a dirigir para o balneário terá agredido o jogador com uma cabeçada.

Em janeiro de 2018, o Conselho de Disciplina da AF Santarém na sequência de um “processo de averiguações convertido em processo disciplinar”, decidiu punir Mário Nelson com uma pena de um ano de suspensão, uma multa de 150 euros e ainda as custas do processo.

Em declarações a O Almeirinense, Mário Nelson afirma estar feliz e que quer esquecer o processo. “Estou feliz e foi reposta a verdade. Agora só estou focado no trabalho, é uma coisa já faz parte do passado!”, refere o treinador.

O treinador do clube almeirinense pode agora voltar ao banco de suplentes já no início da época desportiva que se avizinha.

.