Confraria Enófila de Nossa Senhora do Tejo inaugura sede na CVR

No ano em que comemora 18 anos de existência, a Confraria Enófila de Nossa Senhora do Tejo vai inaugurar a sua nova sede, na Rua de Coruche, nº 85, em Almeirim, nas antigas instalações do IVV.

No dia 11 de outubro irá realizar-se uma cerimónia simples mas com grande significado e importância para a Confraria Enófila de Nossa Senhora do Tejo, pois apesar de, legalmente, a morada já ser esta desde 23 de maio de 2016, faltava ainda o espaço físico, devido às obras de reabilitação deste edifício, da responsabilidade da Câmara Municipal de Almeirim, confrade protetor e cujo Presidente, Pedro Ribeiro, é confrade de mérito. A Confraria Enófila de Nossa Senhora do Tejo – Ribatejo – Portugal foi criada em 24 de maio do ano de 2000. É uma entidade de direito privado, cujo objetivo é o estudo, promoção e valorização dos vinhos e produtos vínicos do Tejo. Tem como patrono Nossa Senhora do Cacho.

A CENST reúne em Capítulo Geral pelo menos duas vezes ao ano. Num dos capítulos fazem-se as entronizações de novos confrades e no outro realiza-se o Jantar de Gala da Cerimónia da Divulgação e Entrega de Prémios do Concurso de Vinhos Engarrafados do Tejo.

A Confraria Enófila de Nossa Senhora do Tejo tem como Patrono a Nossa Senhora do Cacho. Também conhecida por Nossa Senhora da Uva ou da Vindima, a imagem original está coroada de Rainha, na Torre de Belém, voltada para o Tejo, apertando sobre o coração um cacho de uvas e uma parra. A imagem usada pela Confraria é uma reprodução existente no Museu do Instituto da Vinha e do Vinho, em Lisboa. A associação natural que esta imagem induz ao vinho é, neste caso, valorizada pelo facto de estar voltada para o rio Tejo, elemento central da Região.

.