Não há soluções, há caminhos: 2 outubro

A fé, como o amor, é mais uma questão de sentido do que de sentimento. O sentimento vai e vem, mas o sentido pode permanecer. Ter fé é estar convencido de que tem sentido dedicar-se a fazer o bem. A fé é cristã quando se tem a convicção de que a libertação passa por Cristo, mesmo que nada se sinta ou que isso suponha o nosso sacrifício.

Vasco P. Magalhães, sj

.