Não há soluções, há caminhos: 26 outubro

Sofre-se muito quando se ouve dentro de si esta voz horrível: “Ninguém te quer, não és nada para ninguém.”

Mas também se pode ouvir dentro de si uma voz insinuante e persistente: “Vai ter com quem está abandonado!”

Mesmo aquele que se sente abandonado e desprezado pode ouvir este apelo e dar a mão a alguém que o esteja ainda mais.

Vasco P. Magalhães, sj

.