Não há soluções, há caminhos : 14 janeiro

A habilidade para fazer o mal não é sabedoria. É, quando muito, inteligência mal usada. A inteligência sem bondade, sem valores, pode ser muito perversa. Será mais inteligente, no sentido de mais sábio, preferir passar por estúpido.
Vasco P. Magalhães, sj
NÃO HÁ SOLUÇÕES, HÁ CAMINHOS

.