Famílias ciganas têm até segunda-feira para abandonar acampamento em Almeirim

Várias famílias de etnia cigana vão ter de destruir as barracas e abandonar o acampamento situado junto ao local onde se realiza o mercado mensal. A GNR de Almeirim esteve esta sexta-feira, 22 de fevereiro, no acampamento onde verificou se as barracas já estavam destruídas e deu um prazo até segunda-feira para as famílias abandonarem o local pelos seu próprios meios. No local só estão autorizadas três barracas.

https://www.facebook.com/oalmeirinense/videos/2115582498554863/?t=0
.