Não há soluções, há caminhos: 26 março

O discernimento é um grande desafio, não significa aspirar ao quimicamente puro mas ao globalmente construtivo. O problema ao ajuizar sobre uma situação é ver se há razões suficientes para optar num sentido ou noutro e vê-las no seu conjunto, não fazer nem ficar preso a um juízo limitado, de pormenor, que impede de ver a globalidade dos problemas.
Vasco P. Magalhães, sj
ONDE HÁ CRISE, HÁ ESPERANÇA

.