Não há soluções, há caminhos: 16 agosto

Hoje estimula-se muito as vitórias fáceis, as dos espertos e as dos jeitosos, dos que ganham muito dinheiro. Se não ganho dinheiro depressa já não interessa. E esta via fácil é muito perigosa, porque faz com que percamos a capacidade de luta, especialmente da luta moral. Parece-nos bom aquilo que é fácil, cómodo, que não custa, aquilo que a grande maioria acha bem, e não aquilo que realmente vale a pena, pelo qual é preciso lutar e a maior parte das vezes renunciar.
Vasco P. Magalhães, sj
ONDE HÁ CRISE, HÁ ESPERANÇA
Um pensamento para cada dia: ver em tudo o que acontece uma oportunidade de crescimento.

.