Não há soluções, há caminhos: 1 outubro

A abnegação evangélica não é a destruição do eu, é aquilo que Jesus ensina, renega-te. E o abnegar-se, o ab negare, é negar-se à tendência auto-afirmativa orgulhosa que está latente em nós, que é a questão de fundo do pecado original. Existe na origem uma tendência de auto-afirmação que precisa de ser corrigida com verdade e com amor. Isso deixado a si próprio desumaniza, torna-nos egocêntricos, e portanto ab negare é negar o egocentrismo. Sublinhemos, não é negar o ego, é negar o egocentrismo.
Vasco P. Magalhães, sj
ONDE HÁ CRISE, HÁ ESPERANÇA
Um pensamento para cada dia: ver em tudo o que acontece uma oportunidade de crescimento.

.