Não há soluções, há caminhos: 20 dezembro

Jesus, rosto do Pai, igual ao Pai, só podia olhar o Pai na mais íntima unidade e ternura: Abba, Paizinho, lhe chamou. Abba, ternura, dom de vida, presença, é o nome do Pai que Jesus revela. Cristo, o rosto do Pai, é a divinização contínua do homem, a sua humanização plena. O Abba de Jesus, repetido no e com o coração é a afirmação plena do homem.
Vasco P. Magalhães, sj
ONDE HÁ CRISE, HÁ ESPERANÇA
Um pensamento para cada dia: ver em tudo o que acontece uma oportunidade de crescimento.

.