Não há soluções, há caminhos: 3 maio

João Baptista, o profeta, era um homem austero, vivia no deserto, vestia e comia rudemente. Cristo tinha um estilo bem diferente: diz-se que ia a festas e até que andava com gente pouco recomendável. Ao primeiro, acharam-no louco, e ao segundo, comilão. Rejeitaram os dois. Afinal, não é uma questão de estilo… Fica sim, claro, que não queremos quem nos incomode, mesmo que seja para nosso bem.
Vasco P. Magalhães, sj
NÃO HÁ SOLUÇÕES, HÁ CAMINHOS
365 vezes por ano não perguntes porquê, mas para quê.

.