“Podemos continuar a ler jornais”, garante Graça Freitas

Se dúvidas ainda existissem, o jornalista Paulo Marques do “Diário das Beiras” questionou, este domingo, Graça Freitas sobre a segurança em ler jornais no formato papel e a respostas não podia ser mais clara: “O risco de transmissão através do papel é muito reduzido e podemos continuar a ir às bibliotecas, livrarias, a ler jornais ou revistas que compramos individualmente ou aqueles que estão nos cafés e são distribuídos.”

A diretora da Direção Geral de Saúde fez ainda um apelo ao consumo da imprensa regional, dizendo que “estes jornais devem continuar a ser assinados e distribuídos, mas como o risco não é zero, cabe aos utilizadores terem algum cuidado no seu manuseamento e se cumprirem as regras da DGS vai ser ainda mais seguro. Apelo à leitura, em particular da imprensa regional.”


.