Não há soluções, há caminhos: 5 de setembro

Não podemos julgar ninguém. Quem somos nós? Mas se não podemos julgar as pessoas, podemos julgar os actos. A pessoa, mesmo a que procede mal, merece sempre a oportunidade de recomeçar. No maior pecador está um santo em potência. Nunca devemos confundir uma pessoa com os seus actos.
Vasco P. Magalhães, sj
NÃO HÁ SOLUÇÕES, HÁ CAMINHOS
365 vezes por ano não perguntes porquê, mas para quê.

.