Crematório de Almeirim fez 400 cremações em oito meses

O Crematório Municipal de Almeirim, colocado à disposição da população do concelho em junho de 2020, realizou 400 cremações num espaço de oito meses num ano de pandemia causado pela Covid-19. 

Joaquim Catalão, Presidente da Junta de Freguesia de Almeirim, afirmou que as expetativas são boas e que previram em um ano ultrapassar esse valor: “O nosso estudo económico previa no primeiro ano 600 e poucas cremações. Portanto, nós em oito meses já estamos praticamente a atingir o valor que tínhamos para todo o ano”. 

O Presidente da Junta de Freguesia admitiu que alguns corpos que chegaram ao crematório provém da cidade de Lisboa, onde no mês de fevereiro, o crematório realizou 88 cremações que vieram da zona de Lisboa.

Joaquim Catalão também afirmou que a construção do crematório para a cidade de Almeirim foi uma “aposta ganha até porque não é só para a nossa zona de Almeirim e para a nossa região, mas também acaba por ser quanto necessário uma resposta para todo o país”. 

Também salientou que o crematório recebeu muitos corpos de Lisboa pelos crematórios da zona se encontravam com longas listas de espera. 

.