Especial pandemia: Maria de Clara Pó afirma que a pandemia “Colocou à prova a resiliência”

Este sábado, dia 6 de março, faz um ano que surgiu o primeiro caso de Covid-19 no concelho de Almeirim.
A edição impressa de 1 de março do jornal O Almeirinense abordou a situação de um ano de pandemia com um conjunto de entrevistas que retratam a luta do concelho contra a Covid-19 e a opinião dos entrevistados sobre o tema. A segunda entrevistada foi Maria Clara Pó, Presidente da Associação de Solidariedade Social de Benfica do Ribatejo, que explicou as dificuldades e os desafios que a pandemia trouxe à associação.

Maria Clara Pó, Presidente da Associação, afirmou que a pandemia
trouxe diversas dificuldades para a associação como logísticas, psicológicas, sociais e económicas e que afetaram utentes, funcionários e famílias da associação.

No entanto, a associação teve de superar desafios naquele que, em março, faz um ano desde o aparecimento da Covid-19 em Portugal: “Os maiores desafios têm sido a necessidade de motivar e ter uma ação impulsionadora de confiança e esperança tanto ao nível dos utentes como dos funcionários”.

“A vacina é vista como algo mágico e urgente”

Maria Clara Pó, Presidente da Associação de Solidariedade Social de Benfica do Ribatejo

O resto da entrevista encontra-se disponível na edição impressa de 1 de março de 2021 que já está nas bancas.

.