“Almeirim é uma cidade completa e temos de prestigiar e valorizar isso”

Carlos Matias é almeirinense e encontrou o amor do outro lado do oceano, quando, em 2004, conheceu Cláudia,
uma brasileira que deixou a sua vida no Brasil para conhecer o seu “amor virtual”. Escolheram Almeirim para viver para
sempre: “Se um dia ganharmos o Euromilhões não saímos daqui. Almeirim é a nossa cidade”.
Foi deste amor pelo concelho que tiveram a ideia de criar este projeto: Almeirim Divulga.

Como surgiu a ideia de fazerem uma página de divulgação de serviços e comércio do concelho de Almeirim?
Nós os dois sempre gostámos muito de internet e redes sociais e um dia, conversando sobre a dificuldade de encontrar certos serviços e alguns tipos de comércio, tanto online como espaço físico em Almeirim, cogitamos a ideia de haver um guia comercial ou um catálogo para facilitar a procura dos mesmos.
Reparámos, no início da pandemia, que Almeirim é um concelho em que há tudo, mas não há divulgação. Muitas vezes nem reparamos na quantidade e diversidade do comércio local, não precisamos de pegar nos nossos carros e ir para
longe atrás de nada, Almeirim é uma cidade completa. E temos que prestigiar e valorizar isso, mas também temos de
mostrar isso às pessoas, fazendo com que também reparem o mesmo que nós.
E por que não usarmos as redes sociais para fazer, nós mesmos, a divulgação do nosso querido concelho? Tínhamos dúvidas e não sabíamos por onde começar. Até que, com a cara e a coragem, resolvemos pôr em prática a nossa ideia e criar uma página chamada ALMEIRIM DIVULGA, (@almeirim.divulga), pouco antes do Natal em novembro de 2020,
mesmo não conhecendo quase nenhum proprietário de estabelecimento e tão pouco de marketing.

Em que plataformas funcionam?
A plataforma escolhida foi o Instagram, por ser mais dinâmica e estar em expansão. Também estamos no Facebook, mas acho que no Instagram existem ferramentas melhores para fazer o tipo de trabalho que queremos. A forma
como a postagem e a história é mostrada fica muito mais elaborada e bonita, na minha opinião.

Logótipo do Almeirim Divulga

Como é feita a divulgação da página, ou seja, qual a abordagem utilizada para conseguirem seguidores e anunciantes?
Não está a ser muito fácil conseguirmos divulgar certos estabelecimentos, talvez por não nos conhecerem ou porque
acham que não há necessidade de divulgarem em outra página que não a sua própria. Queremos fazer entender que ,
quanto mais divulgação, mais partilhas e até parcerias, (por que não?!) melhor para o seu negócio. Estamos a fazer um
trabalho de formiguinha, e não vemos outra forma de nos divulgar a nós próprios se não a enviar mensagem privada
com um convite a conhecer a nossa página.
Os comerciantes e prestadores de serviços que aceitam a nossa ajuda, enviam-nos fotos e uma descrição do
seu trabalho/negócio, e nós divulgamo-los na nossa página com posts e stories bem bonitos elaborados por mim, Cláudia, onde uso as ferramentas do Instagram e alguns aplicativos de edição.
Tudo com o olhar de consumidor, quero dizer, com o olhar do que um consumidor gostaria de ver em um anúncio/
propaganda. Os únicos critérios que exigimos é que o estabelecimento ou prestador de serviço seja do concelho
de Almeirim. O anunciante não precisa necessariamente de ter uma página no Instagram ou no Facebook, basta ter um
contacto para que o consumidor possa encontrá-lo. Não é pedido nada em troca, afinal acabámos de plantar a semente e ninguém colhe antes do tempo, a árvore precisa de crescer e dar frutos.
O que queremos é que o comércio e os serviços do concelho cresçam e assim crescemos juntos, esse é o objetivo do
ALMEIRIM DIVULGA, crescer enquanto página junto com os nossos anunciantes e parceiros.

Como veem o panorama atual do comércio e serviços em Almeirim, tendo em conta os tempos conturbados que
atravessamos?
Está a ser difícil para todos e principalmente para o comércio e serviços, mas também não podemos deixar de admitir
que essa situação ruim nos ensinou e trouxe coisas boas, como por exemplo, vendas online e entregas ao domicílio
o que quase não havia em Almeirim.
Todos tivemos que nos reinventar. E mesmo quando tudo voltar ao normal, quando a pandemia terminar, esperamos
que o comércio continue as suas vendas online e entregas e atendimentos ao domicílio porque é uma mais valia a todos.

.