Proprietários têm até 15 de maio para fazer a limpeza dos terrenos

Esclarece-se que o prazo para a remoção de matos e a manutenção das faixas de gestão de combustível foi alargado até 15 de maio, para terrenos confinantes a edifícios inseridos em espaços rurais.

A proteção de pessoas e bens, no âmbito dos incêndios rurais, continua a assumir-se como uma das prioridades da GNR, sustentada numa atuação preventiva, com o envolvimento de toda a população e demais entidades públicas e privadas, na salvaguarda da vida humana e na segurança do património de Portugal e dos portugueses, sensibilizando a população para os cuidados a adotar na realização de queimadas e queimas de sobrantes de explorações agrícolas e florestais e de outras ações de gestão de combustível.

Para o efeito, poderá ser utilizada a Linha SOS Ambiente e Território (808 200 520) funcionando em permanência para a denúncia de infrações ou esclarecimento de dúvidas.

As queimas são uma das principais causas de incêndios em Portugal, pelo que a GNR relembra:
– É proibido queimar matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração florestal ou agrícola sem comunicação prévia ou pedido de autorização;
– Não queime com tempo quente e seco ou com vento, escolha dias nublados e húmidos;
– Para evitar acidentes siga as regras de segurança, esteja sempre acompanhado e leve consigo o telemóvel.

.