Taekwondo também sofre com Covid-19

Jaime Rosado, qual tem sido a atividade da secção de Taekwondo dos 20 Kms de Almeirim?
Desde o início da pandemia, a secção tem tentado fazer a melhor gestão possível, no sentido de resguardar todos os intervenientes, mantendo sempre contacto com os atletas, associações e federação, de maneira a definir inícios e formas de poder dar continuidade à prática da modalidade sem pôr em risco a saúde desta nossa família do Taekwondo.

Chegaram a reabrir depois da primeira vaga em março de 2019?
Sim. Em Julho, realizamos trabalho de manutenção apenas com 12 atletas de competição, ao ar livre no parque dos Charcos e com todas as medidas de segurança.
Depois, voltámos a abrir o ginásio a todos os atletas apenas em outubro, para entender qual seria o impacto do início das aulas na taxa de infeção e voltámos a parar dia 8 de janeiro último, altura em que alguns atletas já iam ficando confinados devido a casos positivos nas escolas.

Consegue medir que impacto o Covid-19 terá no Taekwondo?
Não me querendo desviar do tema que, neste caso, é a nossa modalidade, mas tirando as farmacêuticas, os grandes
produtores de etanol e os grandes produtores de máscaras, bem como os que participam nas revendas destes “bens”,
este vírus terá um impacto catastrófico em tudo.
Desta forma, o taekwondo não é exceção, assim como todo o desporto, que irá ter uma recessão a todos os níveis e, em alguns casos, onde jamais poderá ser recuperável, como por exemplo alguns escalões de formação que veem assim o seu processo interrompido.

Quando acha que será possível reabrir a atividade desportiva?
Penso que para todos os escalões, talvez em setembro, mas acredito que lá para junho já possamos começar a fazer algum trabalho com a equipa de competição, ao ar livre… quem sabe!

Teme que alguns atletas já não voltem? Ou isso só acontecerá nas modalidades mais mediáticas?
Acredito que irão voltar todos. Vocês próprios, se um dia treinarem connosco, vão querer voltar outro dia certamente.

Que mensagem deixa aos pais e atletas?
Um enorme obrigado pela confiança, colaboração e paciência. Breve estaremos juntos!

.