Coronavírus: Funcionários de lares testados

Esta segunda-feira, dia 27 abril, pelas 9h, vão começar os testes aos funcionários e colaboradores dos lares no concelho de Almeirim.

Este foi um passo dado pela Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIMLT) que na sexta-feira iniciou um plano de realização de 2000 testes aos funcionários e outros colaboradores dos lares de idosos dos onze concelhos da região.

A iniciativa vai estender-se por “duas a três semanas” e está a ser coordenada no terreno pelos agrupamentos de centros de saúde da Lezíria e do Estuário do Tejo. Para a concretização deste plano de prevenção da covid-19, a CIMLT fez um levantamento do número de colaboradores do lares da região e adquiriu dois mil testes à Faculdade de Farmácia de Lisboa.

A recolha das amostras para os primeiros 198 testes decorreu, na sexta-feira, no concelho de Benavente, abrangendo colaboradores dos lares da Misericórdia de Benavente e do Centro de Bem-Estar Social Padre Tobias de Samora Correia.

“Esta iniciativa é prova de que as autarquias têm tido um papel inestimável na resposta a esta pandemia. A CIMLT, através das suas onze câmaras, já adquiriu testes, ventiladores, máscaras e fatos de protecção. Ao todo foram mais de 400 mil euros investidos na protecção das pessoas’’, salienta Pedro Ribeiro, presidente da Câmara de Almeirim e da CIMLT.

Os lares considerados ilegais não devem ficar de fora desta testagem.

Segundo o autarca, a estes dois mil testes contratados com a Faculdade de Farmácia juntam-se os testes realizados directamente no âmbito do Serviço Nacional de Saúde “para que se possam testar rapidamente todos os colaboradores dos lares desta região. Uma resposta global de várias entidades, coordenadas no terreno pelos ACES.

.