Não há soluções, há caminhos: 5 de junho

Não andar à toa. Imaginem alguém que entra na auto-estrada e não sabe para onde vai, nem onde sair… A situação, se não é de angústia, é de irresponsabilidade total. Há gente assim. Estão neste mundo sem saber para quê ou, pior ainda, sem querer nada. Encontrar uma razão para viver e querer um objectivo é o princípio da realização. E se o objectivo for altruísta, é garantia de felicidade.
Vasco P. Magalhães, sj
NÃO HÁ SOLUÇÕES, HÁ CAMINHOS
365 vezes por ano não perguntes porquê, mas para quê.

.