Campeonato de hóquei termina mas Tigres (ainda) não se safou

O Campeonato Nacional de Hóquei em Patins 2019/2020 está terminado, mas não evitou a descida e terá mesmo de jogar a manutenção sem setembro numa liguilha.

As federações de Andebol, Basquetebol, Patinagem e Voleibol oficializaram o termo das provas, com um conjunto de princípios comuns… mas excepções no que toca ao Hóquei em Patins.

O Site Hoquei.pt explica que as competições em curso são dadas por terminadas sem atribuição de qualquer título. Também não haverá descidas… excepto no Hóquei em Patins, desconhecendo-se ainda como serão decididas. Ainda assim, os despromovidos poderão ter uma oportunidade de manutenção com as provas previstas para as subidas…

De facto, para as subidas de divisão, está aberta a porta às faladas “liguilhas”, sendo apontado o início da próxima temporada para a realização das mesmas. Recorde-se que nos cenários apresentados pela FPP aos clubes, previa-se uma liguilha a seis – os ainda primodivisionários Paço de Arcos, Os Tigres e Física, Marinhense e Tomar (líderes das duas zonas da II Divisão) e o vencedor de uma “pré” entre Famalicense ou Parede – ou a oito, juntando-se aos sete referidos o vencedor de uma pré entre Académico de Cambra e Candelária.

Quanto às competições europeias, as equipas indicadas deverão ser as da classificação no momento da suspensão. Assim, Benfica, Sporting, Oliveirense e Porto iriam à Liga Europeia, e Óquei de Barcelos, Braga, Turquel, Sanjoanense e Riba d’Ave teriam o direito desportivo de irem à Taça WSE.

Os pontos de decisão das quatro federações:

1. Quadro competitivo 2019/2020:

Dar por terminadas todas as competições nacionais de seniores da época 2019/2020 nas modalidades de Andebol, Basquetebol, Hóquei em Patins e Voleibol, não havendo mais qualquer jogo ou competição, até ao final da presente época desportiva;

2. Atribuição de títulos nacionais na época 2019/2020:

Na época 2019/2020, não será atribuído qualquer título de campeão nacional, em qualquer categoria das quatro modalidades;

3. Descidas de divisão:

Na época 2019/2020, e em todos os níveis competitivos de seniores, não haverá descidas de divisão, exceto no caso da Federação de Patinagem e nos casos em que as Federações já tenham comunicado a perda de direitos desportivos;

4. Subidas de divisão:

Haverá competições de apuramento para as subidas de divisão em todos os níveis competitivos, exceto nos casos em que as federações já tenham comunicado a atribuição de direitos desportivos. Tais competições serão realizadas no início da época 2020/2021, em moldes a anunciar por cada uma das Federações;

5. Validade das inscrições:

Os agentes desportivos – atletas, treinadores ou outros – que participarão nas competições referidas no Ponto 4 serão os inscritos para a época 2020/2021;

6. Competições europeias 2020/2021:

Para as competições europeias 2020/2021, a ordem de prioridade a comunicar às Federações Internacionais, assentará no critério desportivo da classificação no momento da suspensão das respetivas competições.

.