Eurico Henriques apresenta Livro sobre as “Escolas Velhas” – Das memórias ao projecto do Centro de Interpretação

Foi apresentado este sábado, 7 de março, o livro “Igreja do Divino Espírito Santo -Um Espaço de Memórias” da autoria de Eurico Henriques.

A Igreja, objeto de investigação do professor, historiador e vereador, foi o cenário escolhido para esta apresentação que contou ainda com a interpretação de trechos musicais para piano (Ludmilla Litvinova) e oboé (Diogo Roque).Convidados, Manuel Luís Bárbara, Pedro Ribeiro e Carlos Canas exaltaram o trabalho de 10 anos de investigação de Eurico Henriques que resultou na edição deste livro que enquadra a história deste espaço nas memórias do concelho. 

De espaço votado à pratica religiosa a escola, esta obra apresenta documentos, fotografias, mapas arqueológicos que recuperam a história do edificado, desvendando ainda episódios curiosos como a tentativa de construir no local um hospital.Como referiu, Pedro Ribeiro, presidente da Câmara Municipal de Almeirim, “é importante deixar escrito para as gerações futuras o que os séculos passados foram apagando”. Salientou ainda que “há a necessidade de recriar a vivência de Almeirim” e, nesse sentido, “a recuperação deste edificado e a compra do quarteirão adjacente custaram ao município 600 mil euros para que aqui se possa erguer o Centro de Interpretação Histórica de Almeirim” cuja proposta aparece já delineada neste livro.

.