Covid-19: Dia histórico para Centro Paroquial


“O dia 19 de Janeiro de 2021 fica na história do Centro Paroquial de Almeirim, na história de vida de cada um que aqui vive e trabalha”, começa por dizer a diretora Inês Carrilho depois de utentes e funcionários da instituição terem recebido a primeira dose da vacina.

Apesar da felicidade que chega a emocionar, “a vacina não nos permite abandonar os cuidados de proteção individuais, mas permitir-nos-á minimizar o contágio e as consequências deste na vida de cada um”, alerta.

“A vacinação correu muito bem, a equipa de saúde que esteve na Instituição foi excepcional tendo esclarecido todos os presentes acerca de eventuais dúvidas”, descreve ainda Inês Carrilho.

Depois de muito limitados nos contactos com exterior desde março do ano passado, “os idosos e funcionários estavam todos muito serenos e confiantes, o sentimento de felicidade era visível no rosto de cada um, inclusive nos profissionais de saúde que ali estavam. Diria que era comum a todos, um sentimento profundo de Esperança e Fé! Estes meses desde Março até aqui têm sido um grande desafio, quer pessoal como coletivo, em que somos continuamente colocados à prova na nossa capacidade de nos reinventarmos, reajustarmos, mobilizarmos recursos, agilizarmos parcerias, sermos criativos e seguirmos em frente apesar de todas as adversidades.”

“Há um bem maior que não nos permite baixar os braços, apesar de por vezes sentirmos algum desânimo e de todo o desgaste físico e emocional, há pessoas que acreditam em nós e nos confiam a sua segurança, saúde e cuidados. Por todos eles, desde os mais pequeninos aos idosos, estamos cá com a convicção de que juntos seremos capazes de enfrentar estes tempos mais restritivos rumo aos que outrora vivemos!”, conclui a Diretora do Centro Paroquial de Almeirim em declarações a O ALMEIRINENSE.

.