Não há soluções, há caminhos: 2 março

Se em vez de criticar, louvássemos, se em vez de vermos o defeito, víssemos a qualidade, os outros não só estranhariam, como talvez até se chocassem com a nossa originalidade. Mas o mundo poderia começar a mudar. Dizer bem parece uma fraqueza e, contudo, só isso é fonte de vida. Não tenhamos medo! Dizer bem devia ser um hábito nosso. Deus diz bem de nós. Bendiz.
Vasco P. Magalhães, sj
NÃO HÁ SOLUÇÕES, HÁ CAMINHOS
365 vezes por ano não perguntes porquê, mas para quê.

.