Barco guardado à espera de formação e atrelado

A entrada em funcionamento do barco para limpar a vala está atrasada e não há data para a entrada em funcionamento. Segundo foi explicado na Assembleia Municipal, o barco já está em Almeirim mas ainda guardado porque falta formação aos funcionários da autarquia que vão operar com o equipamento, porque ainda é preciso um atrelado e faltam também acertar detalhes com a Agência Portuguesa do Ambiente (APA).

O ALMEIRINENSE sabe que esses detalhes passam pela construção de diques ao longo do curso da vala no concelho.

A 9 de dezembro, Pedro Ribeiro anunciava que “se tudo decorrer normalmente até ao inicio na primavera podemos iniciar a limpeza desta linha de água.”

A primavera começou a 20 de março e termina a 21 de junho e a promessa não foi cumprida.

Agora, o início dos trabalhos do barco que custou 115 mil euros (com 75 mil de apoios) pode passar para o verão.

.