Festival Entre Quintas continua este fim de semana

A 2ª edição do Festival Entre Quintas, iniciativa solidária de apoio à Cultura nacional, realizou-se no dia 2 de julho, nos jardins históricos da Quinta do Casal Branco, Almeirim, evento que contou com a presença de diversas individualidades institucionais, figuras públicas e público que, de acordo com as medidas decorrentes da resolução do Conselho de Ministros de 1 de julho, se deslocou para apoiar esta causa que, na sua primeira noite, angariou cerca de €23,000 (total bilheteira e patrocínios), valor que reverte para a Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras.

Sob direção do maestro Nikolay Lalov, foram interpretadas as suites ‘Música para os Reais Fogos de Artifício’ e a segunda suite de ‘Música Aquática’, duas das mais emblemáticas obras do compositor alemão G. Fr. Händel.

Na presença da ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, as equipas de enologia da Quinta do Casal Branco e da Casa Cadaval precederam o espetáculo musical com a apresentação do vinho ‘Festival Entre Quintas Branco 2020’, uma coprodução comemorativa de edição limitada e numerada de 400 garrafas, exclusivamente engarrafadas em unidades magnum.

Entre as presenças institucionais, estiveram também: Presidente da Câmara Municipal de Almeirim, Pedro Ribeiro; Presidente da ViniPortugal, Frederico Falcão; Presidente da CVR Tejo, Luís de Castro; VicePresidente do IVV, Albano Homem de Melo; Presidente da CAP, Eduardo Oliveira e Sousa; Presidente da Cork Supply Group, Jochen Michalski e o Chairman da Jaguar-Automóveis, Paulo Pimenta.

Como anunciado, na Sala da Caldeira (junto à adega da Quinta do Casal Branco) foi, ainda, inaugurada a exposição ‘Encontro & Memória’ do artista plástico João Cruz Rosa, patente até 18 de julho neste espaço e, também, na Adega e jardins da Casa Cadaval. Um conjunto de obras que “refletem um primeiro momento da vontade de integrar propósitos do seu passado pictórico, acréscimo de vocabulário expressivo, confluência de entendimentos e visões”, explica.

Nas palavras da presidente do Conselho de Administração da Casa Cadaval, Teresa Schönborn, Condessa de Schönborn-Wiesentheid, “a simbiose da música e do vinho é como a natureza ribatejana, com notas que encantam a alma e elevam os sentidos”. O CEO da Quinta do Casal Branco, José Lobo de Vasconcelos, realça que este projeto pretende “envolver todos os participantes pela música, num local único e rodeado pelo melhor que o Ribatejo tem para oferecer”.

Falar deste festival é fazer memória de duas quintas, com história secular, que assumem a realização de uma experiência de diálogo entre a música, a arte e a enologia, com eventos que proporcionarão a todos a possibilidade de aliar o prazer musical com a experiência vitícola, emoldurados pela elegância e beleza dos espaços envolventes. ‘Entre Quintas’ apresenta concertos e recitais entre os dias 2 e « 11 de Julho, em diferentes espaços destas propriedades,
usufruindo de cenários naturais que unem estas facetas da arte portuguesa de bem receber, enaltecida pela música. Dois fins-de-semana passados em harmonia, entre a arte e a natureza, que tornam a Quinta do Casal Branco e a Casa Cadaval, locais de atração turística e cultural.

Localizadas a cerca de 50 minutos de Lisboa, as duas quintas prometem oferecer programas inesquecíveis, com música de diferentes géneros, abrangendo diferentes faixas etárias e gostos. Esta experiência de diálogo entre a música e a arte vitícola visa, também, homenagear as figuras emblemáticas de Olga Cadaval e Maria Lívia Braamcamp Sobral, senhoras de grande cultura e sensibilidade artística que deram renome às propriedades que administraram, Casa Cadaval e Quinta do Casal Branco, respetivamente.

‘O Festival Entre Quintas’ tem a parceria da Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras (OCCO) e do seu diretor artístico, o maestro búlgaro Nikolay Lalov.
O programa pode ser encontrado aqui e os bilhetes para os concertos podem ser adquiridos via Tickeline , bem como nos seus pontos físicos (Fnac, Worten e agência ABEP).

Este conjunto de eventos culturais conta com vários patrocínios institucionais e particulares, entre os quais se destacam: Fundação Millennium BCP, Cork Supply, Câmara Municipal de Almeirim e Borrego Leonor & Irmãos. As receitas revertem inteiramente para a OCCO, como forma de apoio à Cultura nacional.

Leave a Reply

Your email address will not be published.