Hora muda

De sábado para domingo, entra-se no horário de Verão e os relógios adiantam uma hora: à 1h passam a ser 2h e, nos Açores, à meia-noite os ponteiros são adiantados para a 1h – “perde-se” uma hora.

A próxima mudança da hora acontecerá daqui a sete meses, a 25 de Outubro.

Ainda que a proposta europeia de abolição da mudança horária continue em aberto, há uma directiva europeia que estabelece o sistema bi-horário, em vigor até 2021.

Até ser tomada uma decisão, há a certeza de que os relógios continuarão a ser acertados até ao final do próximo ano, nos domingos de 28 de Março e de 31 de Outubro de 2021.

Depois de a Comissão Europeia ter proposto em 2018 o fim da mudança da hora e de o Parlamento Europeu ter concordado, falta ainda saber a posição do Conselho da União Europeia – que, em articulação com o Parlamento, é a peça-chave para tornar a decisão definitiva.

Só então se decidirá se a mudança horária será mesmo abolida, o que obrigaria Portugal a escolher para sempre ou o horário de Inverno ou o de Verão, ou se o país poderá manter o regime bi-horário actual. No ano passado, o Governo português garantiu que iria manter a sua “posição assumida” de mudar a hora duas vezes por ano, com base num relatório do Observatório Astronómico de Lisboa (a entidade competente nesta matéria).

.