Petanca precisa de uma sede para potenciar modalidade

Fernando Goes é o Presidente da Secção de Petanca dos 20 kms de Almeirim e a um ano do fim do mandato fala da necessidade de uma sede.

Qual o balanço que faz da sua presidência?

O balanço que faço é bastante positivo, pois além de termos participado ao longo do meu mandato em todos os Torneios oficiais ainda conseguimos alguns equipamentos novos e também alguns subsídios monetários, para poder levar a secção para a frente apesar de algumas dificuldades.

O que gostaria de ter feito diferente?

Ter mais pessoas a praticar este desporto.

E porquê?

Porque seria bom para a Secção e para a prática deste desporto em Almeirim.

Qual o atual estado da modalidade em Almeirim?

Dentro do possível, temos muitas pessoas a praticar durante a semana nos campos, só que não se querem inscrever oficialmente.

Quantos atletas tem a secção?

Presentemente 14 jogadores.

Em termos de resultados. Como tem corrido a época?

A época só começou em fevereiro mas está a decorrer com normalidade.

Almeirim continua a ter dos melhores Campos do país?

Sim pois isso é dito por todos aqueles que participam a nível Nacional.

Vamos ter alguma prova de âmbito nacional?

Sim, estamos a espera da parte da Federação de uma resposta para realizar-mos a Taça de Portugal, a nível regional iremos organizar o Torneio de Encerramento da A.P.Z.C. o Torneio do 25 de Abril a nível interno e no dia 1 de Maio um Torneio de Homenagem ao nosso atleta Jorge Sá falecido nesse dia há um ano.

Este problema do coronavirus pode afetar isso?

Pois isso só o tempo o poderá confirmar, vamos todos ter esperança que não se confirme o pior.

Para quando uma sede?

Esse era o nosso grande objectivo mas não depende só de nós.

Chegou a estar pensado para junto dos campos?

Segundo sei o projeto está feito para esse espaço pelo motivo de não estar feito só a Camara poderá informar, o que nos faz bastante falta pois de cada vez que temos de organizar um torneio temos que trazer frigoríficos e outros materiais da sede no Centro Comercial Rafael para os campos e ter de ficar alguém durante a noite a guardar as coisas.

.