Águas do Ribatejo realiza obras de 300 mil euros e chega ao concelho

A empresa Águas do Ribatejo está a realizar obras de substituição de condutas e ramais nas redes de abastecimento de água de Santo Estêvão (Benavente), Fazendas de Almeirim e Ulme (Chamusca). Os trabalhos em curso visam reduzir as perdas de água eliminando condutas em fibrocimento que estavam no fim do seu período útil de vida.

O custo da empreitada adjudicada por 309.564,24 €.

Em Santo Estevão, no município de Benavente estamos a executar cerca de 2500 m de condutas, em Ulme, no concelho da Chamusca serão 1000 m de condutas.

No Bairro da AMCOFA (Associação Moradores Camponeses e Operários de Fazendas de Almeirim) temos 750 m de novas condutas.

Segundo o Presidente do Conselho de Administração da Águas do Ribatejo, Francisco Oliveira estas obras inserem-se num plano de combate às fugas e perdas de água que a AR está a implementar nos municípios que integram a AR. “Neste momento, e apesar das melhorias verificadas ainda se perde 30% da água produzida e tratada com custos ambientais e financeiros que urge reduzir”, explica o administrador que é também Presidente da Câmara Municipal de Coruche.

Francisco Oliveira realça que “estas obras terão um horizonte temporal alargado e irão melhorar também as condições de abastecimento e contribuir para a redução de roturas e constrangimentos”

As novas condutas a aplicar são PEAD Polietileno de Alta Densidade. Trata-se de um material resistente, de alta durabilidade (40-50 anos) e facilidade de instalação.

A manutenção dos níveis de qualidade da água é uma prioridade da AR que apresenta níveis de cumprimento de parâmetros acima dos 99,6% que se traduzem num abastecimento seguro e de qualidade em conformidade com os normativos da entidade reguladora.

.