Cemitérios de concelho reabrem em estado de emergência

Depois de várias semanas fechados por indicação da Comissão Distrital de Proteção Civil os cemitérios vão reabrir no dia 1 de maior, mas com várias restrições.

Uma das mais importantes é a retirada de material que habitualmente é de uso comum como regadores, pontos de agua etc. Esses instrumentos são potenciais focos de infecção, dado serem utilizados por muitas pessoas.

As Juntas de Freguesia e a autarquia estão a tentar encontrar soluções alternativas, nomeadamente a colocação de um ponto de água que funcionem com o pé. As casas de banho, onde as há, também vão ficar fechadas.

Em relação ao número de pessoas nos funerais as regras são impostas pelo Governo e por enquanto são as mesmas.

“Temos todos consciência que para muitas pessoas o fecho dos cemitérios é motivo de ansiedade por isso fizemos este esforço concertado com a saúde para abrir dia 1, permitindo assim visitas no dia da mãe. Apelamos para que as regras estabelecidas e as de distanciamento social sejam cumpridas. Ninguém quer voltar a ter medidas mais restritivas mas para isso o civismo tem de imperar”, sublinha o Presidente da autarca nas redes sociais onde deu a noticia.

.