Não há soluções, há caminhos: 20 de julho

Aquele homem queria ir para África ajudar os mais necessitados. Desc
obriu o sítio certo e com quem o realizar. Mas depois não contactou a organização, não comprou o bilhete e sentou-se em casa a sonhar como seria… Afinal, não queria, ou ainda não queria! Porque o sinal de querer mesmo é pôr os meios para lá chegar. Quem quer os fins, quer os meios.
Vasco P. Magalhães, sj
NÃO HÁ SOLUÇÕES, HÁ CAMINHOS
365 vezes por ano não perguntes porquê, mas para quê.

.