Música

As máquinas nunca pararam! Os aparelhos dos partidos instalados no poder nunca deixaram de funcionar, apesar de toda esta situação de constrangimentos e incertezas.

Porém, estas máquinas andam e “tocam” a música para que os dançarinos (para os mais distraídos, eleitores) dançarem (votem) a seu belo prazer. Mais uma prova disto, aqui no Concelho é o reinício, ou continuação, ou finalização das obras em Paço dos Negros. Estas, paradas durante 3 anos, com todos os constrangimentos que dai vieram, e eis que a 1 ano das eleições, “intervenção”!

Como cada vez estou mais cansado do “politicamente correcto” e desse nada de bom vem ou poderá vir, recordo à aqueles de Paço dos Negros que, sempre criticaram a gestão do PS, tanto na Junta como na Câmara, mas que depois votam nos mesmo, não mudou nada! Continuam a “cantar-vos a cantiga do bandido” e vós vão lá colocar a cruz.

Não se sentem cansados de estarem sempre a serem enganados? Não se
sentem cansados, como muitos afirmam, que é a Herdade dos Gagos que
sustentam a Junta de Freguesia e que fica sempre tudo nas Fazendas!

O actual executivo tem feito obras, umas mais outras menos, necessárias à população, mas, em nenhuma das actividades desenvolvidas, foram
feitas em beneficio directo e imediato para a população, seja para cativar
novos habitantes, seja para cativar os existentes. Exemplo disso é a contínua não mexida na percentagem do IMI, que continua em valores máximos.

Por outro lado, também não há qualquer restrição na renovação, aumento e novos créditos bancários. Seguem a velha máxima que um ex-Primeiro-Ministro deu de justificação para a divida do País, “…as dívidas não se pagam…”! Mas, de uma forma ou outra, teremos de pagar.

João Vinagre
CDS Almeirim

Opinião publicada na edição impressa de 15 agosto

.