Vala Real

A 9 de Agosto de 2020 foi inaugurada a nova ponte sobre a Vala Real, junto ao Casal Branco, tornando a ligação entre as duas margens mais segura para quem trabalha nos campos da Lezíria de Almeirim.

Sendo, sem dúvida nenhuma, uma obra necessária no concelho, em especial para os agricultores que continuam a produzir produtos agrícolas fundamentais à economia da nossa região, a paisagem que se avista da
ponte tem, no entanto, uma “ferida aberta” que nos deixa entristecidos.

Falamos do estado calamitoso em que se encontra a Vala Real, com o leito
ocupado por uma extensa mancha de jacintos-de-água e outras infestantes
e as zonas das margens degradadas, perdendo-se assim os benefícios
ambientais da área ribeirinha natural e de recreio que este curso de água
poderia ser para o local.

Foi referido pelo Presidente de Câmara que o próximo passo será a requalificação da Vala Real, com a qual concordamos, mas defendemos que a mesma deverá ser realizada de acordo com as normas de intervenção
em zonas ribeirinhas definidas pelas entidades competentes, nomeadamente a Agência Portuguesa do Ambiente.

Recordamos que já existem apoios para as autarquias realizarem operações
de limpeza dos jacintos-de-água nos seus rios e ribeiras, disponibilizados
através do Orçamento de Estado deste ano, e que, até ao momento, Almeirim não fez uso dessa possibilidade, deixando o tempo passar e a
degradação da Vala avançar o que é deveras lamentável.

Sónia Colaço
CDU Almeirim

Opinião publicada na edição impressa de 15 agosto

.