Não há soluções, há caminhos: 30 de outubro

Saber retirar-se a tempo e na hora do sucesso, mostra grande domínio e sabedoria. O sucesso pode enlouquecer, fazer entrar na vertigem de mais e mais, pensar-se único e indispensável. É o grande perigo dos jogadores de todo o género. Mas a pessoa verdadeiramente livre e fraterna não só não se impõe e sai a tempo, como, o que é ainda mais notável, sabe dar o lugar a outros.
Vasco P. Magalhães, sj
NÃO HÁ SOLUÇÕES, HÁ CAMINHOS
365 vezes por ano não perguntes porquê, mas para quê.

.