Não há soluções, há caminhos: 12 de novembro

“Deixar passar o camelo e apanhar o mosquito”. Esta frase do Evangelho é tão gráfica… É o retrato do fariseu, isto é, da pessoa obcecada. Dá tanta atenção ao pormenor que acaba por lhe escapar o grande e o importante. Aflitos por coisinhas, nem damos pelas maravilhas e pelas oportunidades que estão à mão. Gente de tricas pensa que o mundo acaba ali à esquina. O hipócrita “convencido” não só não vê como faz tropeçar os outros.
Vasco P. Magalhães, sj
NÃO HÁ SOLUÇÕES, HÁ CAMINHOS
365 vezes por ano não perguntes porquê, mas para quê.

.