“Inaugurado” Jardim da República com desistência do pórtico

A Junta de Freguesia de Almeirim e a Câmara Municipal reabriram, este sábado, o Jardim da República depois das obras de remodelação.

“Temos de perceber que este era o único jardim do concelho. Não havia mais jardins e esta requalificação, mantendo aquilo que era a atração original, acho que acaba por deixar este espaço para os próximos anos para as pessoas que os possam manter e incentivar, naturalmente, esta frequência no centro da cidade”, explicou Pedro Ribeiro.

Em maio de 2018, a Câmara Municipal de Almeirim queria remodelar o Jardim da República com a colocação de um pórtico gigante, mas o autarca assume agora que desiste dessa ideia.

“Era uma ideia que depois se percebeu até do ponto de vista da execução que era uma coisa também muito complicada”, sublinhou Pedro Ribeiro.

O Presidente da Câmara faz ainda comparação com o crematório: “Parece que não tem nada a ver, mas tem… houve pessoas que nos falaram do crematório e que ia ser um problema de cheiros, isto e aquilo, etc… Está a funcionar e ninguém se pode queixar. Aqui, houve dúvidas e, houve gente que manifestou a favor, houve gente que se manifestou contra, e é a nossa função e no caso da minha, decidir. Eu não acerto em tudo, nem tenho a pretensão de saber sempre tudo e, neste caso em concreto, ouvi os argumentos, percebi os argumentos e é um assunto encerrado”.

Reportagem alargada na próxima edição de O ALMEIRINENSE.

Leave a Reply

Your email address will not be published.